Descontos para profissionais

Equilibre sua pele

Blog thumbnail

Vamos nos conscientizar sobre o uso do protetor solar!

Vamos nos conscientizar sobre o uso do protetor solar!

Blog thumbnail in

By Dra. Michele C Pereira

Nós estamos entrando no Dezembro Laranja, mês de conscientização sobre o câncer de pele. Por isso estou aqui hoje para conversar com vocês sobre os danos causados pela exposição excessiva ao sol, como os diferentes tipos de radiação afetam a nossa pele e é claro sobre filtro solar.

O filtro solar é importantíssimo!! Eu falo aqui também sobre a quantidade certa que deve ser utilizada para nos protegermos da radiação! Acompanhe até o final!

Bom, há dois tipos básicos de câncer de pele, o não melanoma, que surge nas células basais, e o melanoma, que tem origem nos melanócitos, células que produzem a melanina, o pigmento que dá cor à pele. O câncer de pele não melanoma, de acordo com o INCA, o Instituto Nacional de Câncer, é o mais frequente no Brasil, e equivale a 30% de todos os tumores malignos registrados aqui.

A forma mais eficaz de proteção, além de não de se expor, que é obvia, é o uso de protetor solar, mas mesmo assim eu encontro com muuitas pessoas que me dizem que não tem o hábito de passar protetor solar diariamente. O consumo no Brasil pra vocês terem uma idéia é de 1,75 unidades/ ano por pessoa, quando o mais indicado seria de 1/mês, ou 1 toda vez que você fosse pra praia, piscina, se expor, etc.

Vamos entender então de onde vem o dano causado pela exposição ao sol sem proteção.

Quando a gente fica lá lagarteando no sol sem proteção, a gente se expõe a radiação ultravioleta A, ultravioleta B, ultravioleta C, luz visível e infravermelho.

A UVA é a que tem capacidade de penetrar mais na nossa pele, e ela não gera calor, então a gente não percebe, mas é responsável pelo envelhecimento precoce porque favorece a quebra do colágeno, causando rugas, alergias e canceres mais profundos.

Ai muitas pessoas perguntam, precisa usar filtro solar dentro de casa? Até mesmo a luz de led emite radiação UVA, então acho que já respondi essa pergunta. Em seguida vem a UVB, que gera calor, é a que queima, causa câncer mais superficial. A UVC é filtrada na camada de ozônio, então ela não chega ou chega bem pouco ate nós. De todo espectro solar, a ultravioleta representa 2 a 5%. Quase a metade é de luz visível, que não é absorvida pela pele, nosso extrato córneo reflete, mas já é sabido que ela diminui a síntese de colágeno, e gera manchas mais intensas e prolongadas do que a UVA. A luz azul, essa emitida pelos celulares, tablets, computadores, também é danosa para a pele causando envelhecimento e manchas.

 Como eu falei, existe ainda a radiação infravermelha, que é sentida através do calor ou mormaço. Ela consegue atingir camadas mais profundas da pele também, onde estão as fibras de ancoragem e sustentação da pele. E isso provoca um dano muito importante, com menor elasticidade e uma piora no aspecto geral com a destruição da estrutura geral da pele. Além de um maior potencial de aparecimento de câncer. Também presente em ambientes com temperatura elevada como uma cozinha, uma sala abafada, ou um carro fechado (e que ficou exposto ao sol), esse tipo de calor é muito nocivo à pele. Por isso eu sempre falo das águas termais, pra diminuir a temperatura da pele. Mas só isso não é suficiente. Precisamos do filtro solar! Sempre!!

Mas qual produto usar? Protetores solares que protegem contra UVB, pelo menos com FPS 30!! E que também protejam contra UVA, e luz azul de preferência. Contra O IV o ideal são filtros físicos e antioxidantes pra diminuir o processo inflamatório causado na pele.

Quanto a quantidade certa, para se ter toda a proteção descrita no rótulo do protetor solar, deve ser utilizado em torno de 1g de filtro solar!!!! A quantidade é mais ou menos uma colher de chá!

Pode parecer muito, e ai muitos não usam essa quantidade pra economizar mas quando você faz essa economia, você está economizando na sua saúde também. Quando você não utiliza a quantidade certa, sua proteção pode cair até pela metade! Seu filtro 60 vira 30, seu filtro 30 vira 15!!! Imagina, você compra um produto FPS 60 achando que está se protegendo mas ai falha na aplicação e acaba tendo uma proteção de um filtro 30, 20 até menos dependendo da quantidade que você usar!! Como os filtros tem geralmente em torno de 60g, ele deve durar no máximo 2 meses, no caso de você esquecer de reaplicar. Se você faz certo e reaplica o produto, ele deve durar entre 1 mês e 1,5 mês.

Então saiba que, se você tem um filtro ai já há 3, 4 meses, é porque você Não está usando a quantidade correta, e não esta se protegendo da forma como você acha que esta!

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Shopping cart

0
Não há produtos no carrinho.
Hit Enter to search or Esc key to close